segunda-feira, julho 03, 2006

diálogo a posteriori.

Como nascem as piadas filosóficas.
Minha frase era: Pressupostos ontológicos do modelo de convivência anarquista no paradigma emergente da ciência contemporânea.

Charlie. diz:
Marcelo, olha pra minha frase.
Marcelo diz:
hahahahahhahha
Charlie. diz:
se a gente trocar ciência, por futebol, aplica-se perfeitamente, né?
Marcelo diz:
até parece que tu entendeu! rsrsrs
Charlie. diz:
é!
Charlie. diz:
super metido!
Charlie. diz:
é coisa de quem estuda filosofia.
Charlie. diz:
a gente fica metido.
Charlie. diz:
já percebeu?
Charlie. diz:
hahaha
Marcelo diz:
hahahahaha
Marcelo diz:
é pq qd percebemos que ninguem entende o noss papo metafisico ontologico sobre a episteme dos raciocinios a posteriore aí ficamos assim
Charlie. diz:
hahaha
Charlie. diz:
meu sonho discutir essas coisas em Quixadá, com vocês.
Charlie. diz:
pra ver a cara das pessoas.
Marcelo diz:
hahahaha
Charlie. diz:
eu ia rachar o bico de rir.
Charlie. diz:
a gente falando mil coisas que nem a gente entende.
Marcelo diz:
todo mundo dopado falando isso! kkkkkkkkkk
Charlie. diz:
uma outra vertente da comunicação.
Charlie. diz:
não nos comunicamos para nos entendermos.
Charlie. diz:
nos comunicamos para complicarmo-nos.
Marcelo diz:
hehehhe
Charlie. diz:
=)
Marcelo diz:
isso é uma arte
Charlie. diz:
é.
Charlie. diz:
uma vertente da retórica!
Charlie. diz:
diga se não é!
Charlie. diz:
of course!
Charlie. diz:
e era o que o Parmênides fazia.
Charlie. diz:
certeza!
Marcelo diz:
yes
Charlie. diz:
e a gente tentando entender aqui...
Charlie. diz:
tenho certeza que nem ele sabe o que queria dizer.
Charlie. diz:
haha
Marcelo diz:
pq o ser do nao ser do diabo que o parta do ser é!
Marcelo diz:
e não pode deixar de ser!
Charlie. diz:
e não pode deixar de ser!
Charlie. diz:
meu deus!
Marcelo diz:
kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Charlie. diz:
hahahaha
Charlie. diz:
espera!
Charlie. diz:
vou colar isso no blog!
Marcelo diz:
as piadas filosoficas estão fluindo!

3 comentários:

Raisa disse...

logo em quixadá, hein, charlie! só tinha mesmo graça se fosse lá, um discurso elaboradíssimo na praça, bem em cima da roda do prefeito. vocês dois lá discutindo sobre pressupostos ontológicos do modelo de convivência anarquista no paradigma emergente da ciência contemporânea. e o bel, o weiber e eu aplaudindo!

charlie disse...

whwh
já pensou?
eu ia rachar o bico de rir.

renata disse...

charlie, essa fonte M tah te fazendo muito mal. cada dia vc está mais louco... o marcelo jah era de se esperar, mas vc? saia dessa vida... hahahhahhahha. beijos!!!