quarta-feira, janeiro 25, 2006

60'.

só pode ser algo incerto mesmo para assegurar-me. para fazer com que eu pense: sim, as coisas vão passar como tudo passa nessa vida, não, esqueça, esqueça que o futuro não te reserva muitas expectativas. eu abri agora o bloco de notas - sim, porque o word consegue me irritar de tal maneira que só há tolerância quando estou a digitar as milhares de folhas dos trabalhos acadêmicos -, pensava em escrever com um eu lírico feminino. iria fabular uma historinha povoada na década de 60, onde uma jovem senhorita espera o senhorito na janela no lar.mas fica para outro dia. é bobinha mesmo, não espero muito dela.
*
ah, nossa. a conexão necessária provém de onde mesmo? do hábito?
*
hábito do inferno, viu.

Um comentário:

cubículo disse...

hábito de dentro.